Aquele bacano a tocar com paus e garrafas e a rasgar folhas de papel higiénico está demais, parece que ia fazer uma fogueira, qual homem das cavernas! Gostei da tua adaptação de «punk do campo» mas modificaria para Punk do Kampo!
JC a 30 de Outubro de 2008 às 23:50
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres